• New Planecom

Hábitos que podem afetar a saúde mental



A medida que vamos crescendo, vamos adquirindo hábitos que se internalizam. No entanto, muitos desses hábitos podem ser nocivos a nossa saúde mental sem que nem percebamos. A observação e o conhecimento são a melhor forma de percebermos esses hábitos, os seus efeitos em nossa saúde mental e como podemos mudá-los para um novo método saudável de realizar nossas atividades e viver as nossas vidas.

Confira alguns deles:


Redes sociais em excesso

O primeiro item da lista é o mais comum principalmente para os jovens, pois no uso das redes sociais há uma tentativa constante de conexão com o outro e de mostrar o seu mundo. Isso, no entanto, pode gerar frustração, já que a rede mostra uma realidade distorcida. Portanto, não gaste tempo demais nas redes e entenda que a ‘vida perfeita’ que todos exibem não é perfeita.


Deixar tudo para depois

Procrastinar é o problema do século para muitas pessoas. O que gera uma porta para a ansiedade e outras doenças. O ato de deixar as coisas para depois é uma pegadinha do nosso cérebro, que causa um conforto momentâneo, mas que depois volta com um efeito rebote e com ainda mais frustração. Procure estabelecer as suas prioridades e sinta o prazer de adiantar os trabalhos, se possível.


Não colocar-se como prioridade

Se você não cuidar de você mesmo, quem mais vai? Priorizar-se não é ser egoísta, muito pelo contrário, é um gesto de amor próprio e também para com as pessoas que estão à sua volta. Até mesmo, porque as pessoas são seu redor, que gostem mesmo de você, vão ficar contentes em ver você feliz e realizado. Coloque-se em primeiro lugar na medida do possível, mas sempre lembrando de empatia.


Estar em relações tóxicas

Existem pessoas com comportamentos e hábitos que são extremamente prejudiciais à nossa saúde mental. Essas relações fazem com que nos sintamos como a fonte de todos os problemas e quem precisa tomar o passo para mudar a situação somos nós mesmos. Qualquer pessoa que lhe faça sentir como inferior, tente lhe controlar, determinar o que fazer ou não na relação e não lhe valoriza, é um sinal. Observe, converse com as pessoas a sua volta e peça ajuda.


Não ter um momento ou atividade para extravasar

Passamos por algumas situações que nos acumulam tensões. Por isso, devemos ter um momento ou atividade que nos permita extravasar esse sentimento. Caso contrário, sua saúde mental ficará prejudicada. Dê-se tempo para uma atividade que você sinta que lhe relaxe profundamente e permita liberar as tensões. Algumas pessoas conseguem isso com a leitura, outros com música e dança e outros através dos esportes. Encontre a sua atividade, dê o seu momento e descarregue a ansiedade!


Negligenciar na alimentação

A alimentação é um dos fatores menos levado em conta pelas pessoas quando o assunto é saúde mental. Alimentar-se com refeições de valor nutricional de qualidade vai fazer bem para o seu corpo e lhe ajudar a ter mais disposição. A comida influencia diretamente em nosso humor! Inclusive, alimentos ricos em gordura e açúcar, causam um efeito parecido com a procrastinação em nosso cérebro: dão um efeito momentâneo de prazer e depois provocam um efeito de decepção e a necessidade de mais comida daquele tipo. Por isso, não exagere nesses alimentos e comece cortando alguns deles aos poucos.


Sedentarismo

Ficar parados sem nos mover e realizar atividade física é bem comum na vida moderna. Isto, no entanto, é extremamente prejudicial. Além de aumentar o risco de doenças cardiovasculares, o sedentarismo tem impacto direto na saúde mental do indivíduo. Inclusive, realizar atividade física libera endorfina em nosso organismo, hormônio responsável pela sensação de bem-estar.


Não cuidar do seu sono

Negligenciar o seu sono, não tendo hora para dormir e acordar nem se preocupando em ter um bom ambiente para dormir é um hábito que prejudica a sua saúde mental e física. Cuidar do sono é crucial para a manutenção de funções importantes do nosso organismo.


Levar tudo muito a sério

O bom humor é fundamental para ter uma boa saúde mental. Levar tudo ao pé da letra faz com que perdamos a capacidade de ver beleza numa flor ou de rir das formas das nuvens. Leve os pequenos problemas com leveza, se tropeçar ria, brinque


Não ter momentos para relaxar ou culpar-se por isso

Precisamos sim fazer nada! É importante tirar um momento para uma soneca ou simplesmente ficar sentado no sofá ou no banco de um parque sem o celular e sem nada para fazer. Separe momentos, nem que sejam 30 minutos para isso. Também não culpe-se por esse momento. Entenda que ele é necessário para dar uma pausa na sua atividade mental acelerada.


Não procurar ajuda quando as coisas ficam difíceis

Existem momentos em que uma ajuda é necessária para que passemos por eles e aprendamos para evoluirmos na nossa saúde emocional. Conseguir saber o momento de pedir ajuda a alguém, ou a um profissional da saúde como um psiquiatra ou psicólogo, é muito importante para preservar a sua saúde mental. Isso não quer dizer que você é incapaz de lidar com os seus problemas, mas muito pelo contrário, significa que você é perspicaz o bastante para entender que com ajuda aquele problema ficará menor e você o superará com mais facilidade.


#Newplanecom #Plataforma #Corretora #Planos #Saude #SetembroAmarelo #SaudeMental #Habitos

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo